FC Porto e Bayern de Munique cruzam-se pela terceira vez nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, com os bávaros a eliminarem os “dragões” nas duas anteriores ocasiões (1990/91 e 1990/00), embora os portistas tenham batido os alemães no momento mais importante: na final da prova em 1987, quando ainda se chamava Taça dos Campeões Europeus.

Naquele que será certamente um duelo muito complicado para os “azuis-e-brancos” percorremos dez factos curiosos (e que apenas o GoalPoint lhe oferece) do desempenho individual e colectivo dos dois emblemas cujo primeiro capítulo do duelo está marcado para esta quarta-feira no Estádio do Dragão, pelas 19h45.

 

1. NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS?

O Porto - Lyon de 2003/2004
O Porto – Lyon de 2003/2004

O FC Porto atinge pela sétima vez os quartos-de-final da Liga dos Campeões, um patamar que apenas por duas vezes ultrapassou, a primeira em 1986/87, frente ao Brondby, e a segunda em 2003/04, perante o Lyon. Curiosamente, das duas vezes que passou o “teste” o Porto venceu a prova.

Já o Bayern chegou aos quartos-de-final da Champions por 26 vezes, avançando rumo às meias-finais em 16 ocasiões, incluindo as últimas quatro que conseguiu integrar o lote de oito candidatos ao troféu.

 

2. NOVE JOGOS SEM PERDER NO DRAGÃO

Casemiro, FC Porto

 

Os “dragões” não perdem em casa em partidas a contar para as competições europeias há nove jogos, vencendo sete desses encontros. No entanto, os bávaros perderam apenas duas das suas últimas 15 deslocações (e empataram somente três) e só por duas ocasiões nos últimos 18 jogos fora ficaram sem marcar qualquer golo.