Um raro “eclipse futebolístico”

Tal como o fenómeno do eclipse solar, que prima pela raridade, este lance de um jogo da Taça chinesa é também ele um (felizmente) raro “eclipse futebolístico”, em que avançado e árbitro convergem na demonstração simultânea de total ausência de talento, o primeiro para o “mergulho” e o segundo para o “apito”.