Foi uma semana de altos e baixos para o brasileiro Victor Andrade. O ainda jogador do Benfica, agora emprestado aos alemães do 1860 Munchen, trucidou dois recordes da Bundesliga 2 na deslocação ao campo do Stuttgart, mas quatro dias mais tarde viria a lesionar-se gravemente num jogo a contar para a Taça da Alemanha.

Lembramos que o extremo brasileiro ainda foi campeão nacional na época passada, ao ter feito três jogos no início da época, um deles a titular contra o Moreirense, mas deixou a ideia de um excesso de individualismo que o fez desaparecer das opções de Rui Vitória, e que confirmou em pleno no jogo em Estugarda.

Victor Andrade jogou os 90 minutos pela primeira vez desde que chegou à Alemanha e somou apenas quatro passes certos. Leu bem, quatro. O arraso veio nas restantes acções com bola. Se no capítulo do drible Victor chegou aos oito eficazes, batendo a marca do austriaco Robert Zulj, foi ao nível das faltas sofridas que o outrora apelidado de “novo Neymar” atingiu um número formidável. Basta dizer que o máximo da Bundesliga 2 eram sete faltas sofridas e o brasileiro sofreu… 11!

CampeonatoJogadorClubeAdversárioFaltas sofridas
EspanhaNeymarBarcelonaLeganés (F)8
AlemanhaArnoldWolfsburgDarmstadt (F)8
InglaterraDele AlliTottenhamLiverpool (C)7
ItáliaLauriniEmpoliSampdoria (C)8
FrançaHaritNantesBordeaux (F)8
PortugalZé ManuelVit. SetúbalBelenenses (C)6
RússiaChanturiaUralOrenburg (F)8
TurquiaEtameAntalyasporKarabükspor (F)9
HolandaLuckassenAZUtrecht (F)7

Recordes de faltas sofridas num jogo, nas principais ligas europeias
Fonte: GoalPoint.pt / Opta

Pela informação da tabela, percebe-se que atingir a dezena de faltas sofridas não é tarefa fácil, e também que a comparação com Neymar talvez não fosse descabida… pelo menos num aspecto.

A lesão de Victor Andrade parece no entanto ser grave, e o prognóstico aponta para seis meses fora dos relvados. O brasileiro não vai poder defender os seus recordes no campo, mas provavelmente nem será preciso.