TotoRating Banner

GoalPoint-Vit贸ria-SC-Porto-Liga-NOS-201920-Ratings
Clique para ampliar

A Liga NOS est谩 ao rubro. O FC Porto foi a Guimar茫es vencer o Vit贸ria SC por 2-1 e est谩 a apenas um ponto da lideran莽a do campeonato, na sequ锚ncia da derrota do Benfica no s谩bado em casa ante o Sporting de Braga. Os “drag玫es” entraram fortes na partida, marcaram cedo num autogolo de Douglas, mas permitiram a reac莽茫o vimaranense, com os da casa a empatarem no arranque do segundo tempo, por Bruno Duarte. Mas Moussa Marega reagiu de pronto e fez o golo que deu os tr锚s pontos aos forasteiros. Um triunfo por dois golos, numa partida em que os “azuis-e-brancos” enquadraram um s贸 remate.

Resumo 馃摵

O jogo explicado em n煤meros 馃搳

  • O Porto entrou em campo a todo o g谩s, a pressionar muito alto e empurrar o Vit贸ria para junto da sua grande 谩rea. E logo aos dez minutos os visitantes colocaram-se na frente. Em zona frontal 脿 grande 谩rea, S茅rgio Oliveira rematou com estrondo 脿 barra, a bola embateu em Douglas e entrou na baliza do guardi茫o brasileiro, que fez assim autogolo. Ao segundo remate portista estava inaugurado o marcador, sem que a equipa registasse ainda um disparo enquadrado.

  • S贸 dava Porto no primeiro quarto-de-hora. Os “drag玫es” registavam 73% de posse de bola nesta fase e os 煤nicos tr锚s remates, sendo que os vimaranenses n茫o passavam do meio-campo. Os visitantes apresentavam tamb茅m sete cruzamentos contra nenhum dos anfitri玫es. S贸 que aos 18 minutos, no primeiro ataque do Vit贸ria digno desse nome, Marcano tirou em cima da linha um remate com selo de golo de Marcus Edwards.

  • Este 煤ltimo lance marcou uma ligeira viragem na partida, com os homens da casa a assumirem mais a posse e as despesas ofensivas, chegando 脿 meia-hora com quatro remates, tantos quanto o Porto, e curiosamente o 煤nico remate enquadrado do encontro, apesar de estarem a perder. Nesta fase j谩 a posse de bola portista havia ca铆do para 67%, ainda assim sinal de clara superioridade.
  • O m茅dio P锚p锚 Rodrigues destacava-se nesta fase, com um rating de 6.1, sustentado por tr锚s passes longos certos em quatro tentativas. Do lado do Porto, S茅rgio Oliveira, que esteve na origem do golo da sua equipa, era o melhor, com 16 passes certos em 17 e dois remates.

  • Intervalo Entrada forte do Porto na partida, a sufocar os vitorianos nos primeiros minutos e a chegarem 脿 vantagem com um autogolo de Douglas, ap贸s remate de S茅rgio Oliveira 脿 barra. Aos poucos os homens da casa equilibraram um pouco as opera莽玫es e at茅 criaram lances de perigo, mas os “drag玫es” chegaram ao descanso em total controlo das opera莽玫es e com superioridade estat铆stica, apesar de n茫o registarem nenhum remate enquadrado. O melhor em campo nesta fase era Florent Hanin, com um GoalPoint Rating de 6.2. O lateral registava uma ocasi茫o flagrante criada e quatro ac莽玫es defensivas.

  • A segunda parte come莽ou praticamente com o golo do empate. Ola John cruzou da esquerda e Bruno Duarte, ao segundo poste, aproveitou a passividade da defesa contr谩ria para fazer o 1-1 de cabe莽a, ao segundo remate da equipa deste o intervalo, primeiro com boa direc莽茫o. Mas a resposta n茫o tardou.

  • Aos 60 minutos, Marega surgiu isolado frente a Douglas e, com toda a calma, fez a bola passar por cima do guardi茫o contr谩rio. No primeiro remate enquadrado dos “drag玫es” no jogo… segundo golo. Isto numa fase de algum equil铆brio, com os portistas a registarem somente 51% de posse de bola, enquanto a superioridade caseira residia nos remates (5-1).

  • Aos 72 minutos, Marega saiu, ap贸s problemas com os adeptos da casa, e entrou para o seu lugar Wilson Manaf谩. Um caso que demorou o seu tempo a ser resolvido e que tirou ritmo 脿 partida. Por volta dos 75 minutos, o Vit贸ria registava 54% de posse de bola e oito remates no segundo tempo, mas apenas um enquadrado, o do golo, perante o disparo 煤nico dos forasteiros, que tamb茅m fez funcionar o marcador.
  • Os 煤ltimos minutos foram algo confusos, com o Vit贸ria a dominar (58% de posse no segundo tempo) e a atacar muito, com cruzamentos e mais cora莽茫o do que cabe莽a. Facto que facilitou a tarefa portista nesta recta final, anulando as desesperadas tentativas minhotas na busca pelo empate. Isto apesar de Davidson, nos descontos, ter arrancado um remate acrob谩tico que quase deu em golo.

O melhor em campo GoalPoint馃憫

Enorme jogo do lateral franc锚s do Vit贸ria. Perante a reac莽茫o vimaranense 脿 desvantagem, que permitiu 脿 equipa assumir o jogo e terminar em cima do Porto, Florent foi um dos esteios ofensivos da sua equipa. Ao todo criou duas ocasi玫es flagrantes de golo em quatro passes para finaliza莽茫o, fez oito cruzamentos, tr锚s deles eficazes, e completou as quatro tentativas de drible, duas delas no 煤ltimo ter莽o. Foi o melhor em campo, com um GoalPoint Rating de 7.4.

Jogadores em foco聽馃敽馃敾

  • P锚p锚 Rodrigues 6.4 鈥 Mais um grande jogo do m茅dio-defensivo vitoriano, mais uma vez com uma demonstra莽茫o de grande qualidade numa das suas melhores caracter铆sticas, o passe logo. Ao todo fez 13, acertando nove deles, e ainda completou duas de quatro tentativas de drible e somou dez ac莽玫es defensivas.
  • Bruno Duarte 6.2 鈥 O avan莽ado brasileiro foi o autor do golo dos homens da casa, tendo registado tr锚s remates, um enquadrado. Para al茅m disso ganhou os dois duelos a茅reos defensivos em que participou e apenas um de quatro ofensivos, acabando por passar despercebido noutros momentos do jogo.
  • Chancel Mbemba 6.2 鈥 Perante a aus锚ncia de Pepe por les茫o, Mbemba assumiu a responsabilidade e esteve muito bem nas tarefas defensivas. O congol锚s foi o melhor do Porto, com 88% de efic谩cia de passe, seis passes longos certos em nove, tr锚s duelos a茅reos defensivos ganhos (100%) e oito ac莽玫es defensivas.
  • Iv谩n Marcano 5.7 鈥 O segundo melhor dos “drag玫es” foi o outro defesa-central. O espanhol destacou-se nos al铆vios (6), mas a sua concentra莽茫o e bom posicionamento permitiram-lhe fazer dois bloqueios de remate e um corte decisivo, em cima da linha de golo.
  • S茅rgio Oliveira 5.7 鈥 Ap贸s marcar nos dois 煤ltimos jogos, o m茅dio voltou a evidenciar-se no ataque, realizando o remate 脿 barra que acabou por dar em autogolo de Douglas. Ao todo, S茅rgio fez dois remates, um passe para finaliza莽茫o e registou o n煤mero m谩ximo de desarmes (6).
  • Moussa Marega 5.0 鈥 Saiu intempestivamente do terreno de jogo, ap贸s ter sido, alegadamente, alvo de insultos racistas. Mas antes j谩 havia deixado a sua marca, ao fazer o 2-1 para o Porto, naquele que foi o 煤nico remate enquadrado da equipa “azul-e-branca” na partida.