GoalPoint-Vitória-SC-Standard-Europa-League-201920-Ratings
Clique para ampliar

O Vitória de Guimarães precisava de vencer para acalentar o sonho de apuramento, mas não foi além de um empate em casa na recepção ao Standard Liège, 1-1, apesar de ter sido a equipa mais perigosa. Ainda assim, até o triunfo acabaria por não ser suficiente, uma vez que o Eintracht de Frankfurt foi vencer por 2-1 a casa do Arsenal.

Primeira parte muito animada e repartida no “Castelo”, com as duas equipas a criarem perigo e a marcarem. Primeiro os belgas, por Maxime Lestienne, aos 39 minutos, de grande penalidade, mas os vimaranenses não demoraram a responder e empataram nos descontos da etapa inicial, num golo oportuno de André Pereira. Os números ao intervalo mostravam um certo equilíbrio, com ascendente ofensivo da formação portuguesa. Algo que se intensificou no segundo tempo.

A precisar de vencer, o Vitória atirou-se para o ataque, registando 15 disparos na segunda parte, contra nove dos belgas, com quatro enquadrados para três dos visitantes. Os homens de Liège conseguiram controlar a partida, com superioridade na posse de bola, podendo ainda sonhar com a passagem, pois está a dois pontos do Arsenal. Os vimaranenses tentaram muito até final, mas não conseguiram fazer o segundo golo.

O melhor em campo foi Arnaud Bodart, guardião contrário que registou um GoalPoint Rating de 7.7, graças a seis defesas, enquanto o melhor dos minhotos foi Lucas Evangelista, o “patrão” do meio-campo do Vitória, que registou 6.6.