Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
bonus-60-goal-point-parceiros-apostas-desportivas-700x90

Os “lobos” de Nuno Espírito Santo assinaram mais um capítulo na história da excelente época que vêm rubricando. Desta feita a “vítima” foi o Arsenal, que ao intervalo já havia sofrido três golos sem resposta, dois deles de autoria portuguesa, mais propriamente de Rúben Neves (autor de um golaço de livre directo) e Diogo Joga (com o tento de Doherty pelo meio).

Num jogo em que os “wolves” voltaram a mostrar extrema eficácia (três golos em três remates enquadrados, todos no primeiro tempo), o Arsenal conseguiu ainda reduzir na segunda parte, mas o destino estava traçado. Curiosidade: “não é todos os dias” que um jogo da Premier League termina com três portugueses a amealharem os melhores GoalPoint Ratings, mas foi isso mesmo que sucedeu: Rúben Neves, Diogo Jota e João Moutinho ocuparam o “pódio” GoalPoint.