Pedro Gonçalves é o MVP da 1ª volta 20/21 ⚽

-

Pedro Gonçalves é o jogador GoalPoint Ratings da primeira volta da Liga NOS 2020/21. Esta é, talvez, uma das distinções intercalares menos surpreendentes que já tivemos. O reforço leonino tomou Alvalade e a Liga de assalto, já após ter dado muito boas indicações ao serviço do Famalicão. À falta de surpresa na sua eleição, o interesse reside precisamente na forma como “Pote” se destacou nesta primeira volta, numa versão bem mais “goleadora” do que aquela que desempenhou na sua temporada minhota.

Finda a primeira volta, “Pote” é o melhor jogador da Liga, com um rating de 7.11 – entre futebolistas com mais de 765 minutos -, o melhor marcador destacado, com 14 golos e autor de um aproveitamento das suas situações ofensivas verdadeiramente explosivo, rivalizando com os maiores nomes do futebol europeu no que toca ao (pouco) tempo que precisa para facturar.

Nesta fase da época, e com muito menos jogos disputados do que na anterior, Pedro Gonçalves já leva quase o triplo do total de golos que conseguiu na última temporada na Liga (5), um feito extraordinário que aponta para uma evolução assinalável do seu jogo, não só em termos de qualidade do que já fazia, mas também da diversidade de soluções que agora oferece. Antes um médio-centro, com uns fogachos e claros sinais de potencial para zonas mais adiantadas do terreno, hoje o “leão” é uma espécie de “vagabundo” no meio-campo ofensivo, ora surgindo “pé-ante-pé” na área para rematar e marcar, ora servindo os companheiros entre linhas, ora caindo nas alas a desequilibrar.

[ O desempenho de “Pote” na Liga NOS, pelo Famalicão e agora ao serviço do Sporting ]

GoalPoint-Pedro_Gonçalves_2019_vs_Pedro_Gonçalves_2020-infog
Clique para ampliar

A diferença no GoalPoint Rating é evidente, e não é por acaso. Embora os números fundamentais de 2019/20 sejam muito positivos, há melhorias que se notam logo numa primeira análise. A começar nos golos, que acabam por ter uma influência naturalmente significativa na avaliação de desempenho, mas também no remate de bola corrida (1,7 por 90 minutos na época finda, 2,8 na presente), no total de disparos (3,1 – 2,5) e nos passes ofensivos valiosos (1,6 – 2,5). Mas também nas acções defensivas no meio-campo adversário (1,4 – 1,9) a diferença é clara.

Contudo, a principal evolução deu-se mesmo na qualidade no momento da finalização. Em 2019/20, “Pote” terminou a época na Liga com tímidos 6,8% de conversão dos seus remates em golo. Nesta altura do campeonato vai em 32,6%, uma diferença abissal e que ultrapassa as expectativas mais optimistas.

[ Os golos de Pedro Gonçalves até à 7ª jornada da Liga NOS 2020/21 ]

Digno herdeiro de Bruno Fernandes

O melhor jogador da primeira volta de 2019/20, com um GoalPoint Rating acumulado de 7.21 (originalmente 7.10, o “novo” rating reflecte já a fórmula 20/21 do algoritmo) foi Bruno Fernandes – que fez ainda mais um jogo pelo Sporting, antes de partir para a aventura no Manchester United. Pedro Gonçalves é, assim, o herdeiro directo do legado que o internacional português deixou. Jogadores muito diferentes, com missões distintas, em contextos e sistemas tácticos bem diversos, porém com influências semelhantes.

GoalPoint-Pedro-Goncalves-vs-Bruno-Fernandes-1-Volta-Liga-NOS-202021-1-infog
Clique para ampliar

Bruno era mais um elemento para armar o ataque, servir os companheiros de equipa, pelo que completou a primeira volta passada com sete assistências e “apenas” oito golos, mas com muito mais jogo nos pés (83 acções em média). Ao invés, “Pote” soma 14 tentos e duas assistências, mas o seu peso efectivo nos golos da equipa de Alvalade é muito semelhante. Contabilizando golos e assistências – olhando apenas para os marcados pelo Sporting enquanto estiveram em campo -, Bruno Fernandes contribuiu para 53,6% dos tentos leoninos, ao passo que Pedro Gonçalves está nesta altura nos 55,2%. Uma diferença pouco relevante (28,6%-48,3% se olharmos apenas aos golos).

Os restantes dados mostram o porquê dos números anteriores. As características de organizador de Bruno saltam à vista, com superioridade evidente nos passes para finalização e passes ofensivos valiosos e até no drible, o que atira para cima o número de faltas sofridas. Já “Pote”, embora vagueie por zonas semelhantes, acaba por ter muito menos bola, o que se nota pela intensidade dos “heat maps” (que mapeiam as acções com bola), mas no remate, nem mesmo Bruno Fernandes acompanha a cadência do novo craque leonino.

Os disparos de “Pote”

PG-remates
Clique para ampliar

Curioso para saber em que zonas Pedro Gonçalves remata, a qualidade dos disparos e de onde marca os golos? O mapa acima conta-lhe a história. A amarelo, os locais exactos onde “Pote” desferiu os remates que deram em golo. Os azuis dizem quais os que não deram golo, mas foram enquadrados com a baliza adversária e a vermelho temos os desenquadrados. Conclusão? Embora continue a rematar muito de fora da área, como um bom médio, Pedro Gonçalves mostra hoje uma capacidade acima da média para se integrar na área, e com qualidade para decidir.

Os passes para finalização (e as assistências)

Pedro Gonçalves fez 25 passes para finalização até agora, na Liga. E nós mostramo-los todos no mapa acima, que detalha a origem, a direcção e os metros galgados por essas entregas, duas delas a resultarem em golos (à direita).

O mais goleador também dribla

PG-dribles
Clique para ampliar

A estrela leonina tenta mais o drible esta época do que o fez na passada. Em 2020/21 regista uma média de 3,8 a cada 90 minutos, contra os 3,4 de 2019/20. Contudo, apresenta uma menor eficácia, de 45% ao serviço do Famalicão para 36% no Sporting. O mapa mostra todas as tentativas, com destaque para os eficazes (a azul) com distribuição maioritariamente concentrada nas imediações da zona frontal de entrada na área adversária.

Nem sempre assim acontece mas o MVP da 1ª volta é também o jogador da Liga com mais eleições como Melhor em Campo GoalPoint (6), cinco delas consecutivas. Gonçalves abriu o livro à 5ª jornada e sagrou-se o MVP de todos os jogos em que participou até à 9ª ronda, retomando o bom hábito precisamente na última jornada da primeira volta, na vitória obtida no Funchal. Quantas eleições mais vai acumular Pedro Gonçalves? O melhor é esperarmos para ver, pois a coisa promete.

Parabéns Pedro!
Não perca em seguida a revelação dos nomes que acompanham o craque leonino nas eleição dos 33 melhores GoalPoint da 1ª volta da Liga NOS 20/21!

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR